domingo, 15 de junho de 2008

Canção do Dia de Sempre - Mário Quintana


Tão bom viver dia a dia…

A vida assim, jamais cansa…

Viver tão só de momentos

Como estas nuvens no céu…

E só ganhar, toda a vida,

Inexperiência… esperança…

E a rosa louca dos ventos

Presa à copa do chapéu.

Nunca dês um nome a um rio:

Sempre é outro rio a passar.

Nada jamais continua,

Tudo vai recomeçar!

E sem nenhuma lembrança

Das outras vezes perdidas,

Atiro a rosa do sonho

Nas tuas mãos distraídas...


(Mário Quintana)


Um comentário:

Augusto disse...

O melhor mesmo é viver, contemplar, mas sem esquecer do dia de amanhã.

Sempre tive uma vida difícil pois eu só corria atrás do futuro e não valorizava o que tinha me tornado.

Passei a contemplar o hoje e assim estou me valorizando mais, e sendo mais feliz.

A vida é dura para aqueles que não se acomodam e estão sempre em busca de algo novo.

Sou um deles.

Adoro você.

Dei uma passada por seu blog todinho e vejo que independente de todo esse temo, você continua inspirada....Adoro vc, Bjs!!